06 de Fevereiro de 2023

Notícias

Saúde realiza IX Conferência Municipal de Saúde em Angical/PI

A conferência deste ano, frente aos problemas enfrentados pela pandemia do Covid-19, trouxe discussões e novas propostas para fortalecer a luta em defesa pelo SUS

Com o tema “Promover um SUS mais humano, inclusivo e acessível é promover cidadania” a Prefeitura Municipal e Secretaria Municipal de Saúde realizou ontem (19/1), no ginásio poliesportivo Jacques Santos, a IX Conferência Municipal da Saúde de Angical do Piauí. Ao todo, mais de 90 profissionais e usuários da saúde participaram do evento.

A conferência deste ano, frente aos problemas enfrentados pela pandemia do Covid-19, trouxe discussões e novas propostas para fortalecer a luta em defesa pelo SUS, tendo a saúde como direito garantido, política pública e, principalmente fator de desenvolvimento do município.

Na solenidade de abertura do evento o Prefeito Bruno Neto agradeceu pela presença de todos e destacou a importância da saúde para o município. “Ainda temos muito a fazer pela saúde em nossa cidade, e isso vai depender também de cada profissional que pode contribuir para qualidade de vida de cada angicalense.” O vice-prefeito, Hélder Jordão, o secretário de saúde, Genilson Gomes e o presidente do conselho municipal de saúde, João Antônio, também contribuíram para a realização da conferência.

Prefeito Bruno Neto durante IX Conferência Municipal de Saúde

Os representantes da comunidade, dos profissionais de saúde e do conselho municipal de saúde discutiram propostas e ações para construção do plano municipal de saúde 2022/2025 durante às plenárias da conferência que foram dividas em dois eixos temáticos: estrutura e organização da atenção básica e gestão e financiamento do SUS.

Além disso, a administração municipal e a secretaria realizaram, à tarde, a I Plenária Municipal da Saúde Mental com o tema “A política de saúde mental como direito: pela defesa do cuidado em liberdade, rumo a avanços e garantia dos serviços de Atenção Psicossocial no SUS”, onde os participantes discutiram ações da atenção psicossocial no município para promover a qualidade de vida e cidadania.

A plenária contou também com a participação de usuários do Centro de Atenção Psicossocial – CAPS I ANGICAL, que contribuíram com a troca de experiências relacionadas ao tratamento e cuidados da saúde mental.