28 de Setembro de 2021

Notícias

Vacinação de pessoas com comorbidades começa hoje(31) em Angical

O cadastramento e a vacinação contra a covid-19 para o público com comorbidades começa nesta segunda (31/5).

O cadastramento e a vacinação contra a covid-19 para o público com comorbidades começa nesta segunda (31/5). A ordem de atendimento de pacientes segue o cronograma do Plano Nacional de Operacionalização da vacinação contra a covid-19(PNO) e tem inicio hoje, das 14h ás 17h, no posto de saúde do bairro centro, localizado atrás da rodoviária e amanhã (01/6), no horário de 8h às 12h,  no posto de saúde do bairro Montevidéu.

Nesta primeira fase, o atendimento prioritário para cadastro e vacinação será de cidadãos a partir de 18 anos que possuem síndrome de down, espectro de autismo e pessoas com doenças pré-existentes - apresentadas abaixo – de 55 a 59 anos, conforme liberação das doses do imunizante pelo Ministério da Saúde, repassadas pelo Governo do Piauí.

Veja quais são as comorbidades previstas no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO):

Diabetes Mellitus (DM); Diagnóstico de diabetes mellitus; Pneumopatia crônica grave; HAS resistente (Hipertensão Arterial); HAS com lesão em órgão alvo; HAS associada à comorbidade; Insuficiência cardíaca (IC); Cor pulmonale e Hipertensão pulmonar (HAP); Doença Arterial Coronariana (DAC); Valvulopatias cardíacas; Prótese valvar; Miocardiopatias e Pericardiopatias; Doenças de Grandes vasos e fístulas arteriovenosas; Arritmias Cardíacas; Cardiopatia Congênita no adulto; Doença Cerebrovascular; Doença Renal Crônica (DRC); Imunossupressão; Câncer; Hemoglobinopatias graves; Obesidade grau 3; Cirrose Hepática; Síndrome de Down; Gestação ou Puerpério com comorbidades.

Quais documentos necessários para realizar o cadastro?

O cadastramento é realizado pelo Agente Comunitário de Saúde da Família da zona urbana e rural para as pessoas que apresentam alguma das comorbidades acima. Os documentos necessários são carteira de identidade, cartão do SUS e o atestado médico da doença pré-existente.

Como será feita a vacinação?

Antes de ser vacinado, o paciente precisa consultar o médico de saúde da família da própria unidade para diagnóstico afirmativo de doença. Para zona rural, o agente de saúde da família irá avisar com antecedência o dia, local e horário da aplicação do imunizante. Na hora de se vacinar é obrigatório levar o atestado.

Qualquer dúvida procure o agente comunitário de saúde da sua região.